Flacidez: Aprenda 10 passos para resolver

A flacidez na pele acontece por vários fatores. O primeiro deles é a idade, embora isso não seja uma verdade absoluta, pois há casos de crianças, jovens e adolescentes que possuem sinais de flacidez!

No caso da idade normalmente a partir dos 30 anos, há uma queda gradativa do hormônio feminino estrógeno – que é a fibra que sustenta a derme e é importante na formação do colágeno, portanto, a pele aos poucos vai se tornando mais flácida.

A flacidez nos músculos é provocada por herança genética. E a flacidez tissular percebe-se maior incidência de casos na mulher, em razão de fatores hormonais.

E na pele, por um conjunto de fatores, conforme veremos a seguir:

  • Fatores desencadeantes
  • Cigarro
  • Excesso de sol
  • A falta de exercício físico,
  • Sedentarismo
  • Perda da massa muscular
  • Fatores hormonais
  • Alimentação inadequada
  • Efeito sanfona (engorda e emagrece)

A falta de exercício físico é considerada a maior causa da flacidez, pois quando os músculos não exercitam adequadamente suas fibras atrofiam-se. E, o sedentarismo é um dos fatores mais frequentes, seguido pela perda da massa muscular e aumento do depósito gorduroso.

“Quanto à flacidez tissular que tem seu inicio por volta dos 30 anos os grandes inimigos são sedentarismo, alimentação inadequada e efeito sanfona – Engordar e emagrecer várias vezes leva à frouxidão dos tecidos”, afirma a dermatologista Mônica Aribi Fizbaum.

 

saiba mais sobre flacidez com o ebook cellumis

 

  • COMO EVITÁ-LA
  1. Cuide da alimentação – tenha uma alimentação rica em proteínas, aminoácidos e colágeno, encontrados em carnes, ovos, leite, grãos e frutas cítricas, como laranja, limão, kiwi, tangerina. Alimentos antioxidantes também são muito importantes para manutenção da pele, os melhores estão presentes em frutas, verduras, como couve, cenoura, beterraba, tomate e nas sementes de chia e de linhaça. A Aveia é outro alimento importante para combater a flacidez, devido ao seu teor de silício, um mineral que atua na formação do colágeno. Duas colheres por dia já são suficientes para obter todos os benefícios da aveia. O colágeno  pode, também, ser reposto através de um suplemento de consumo diário e dieta balanceada.
  2. Evitar efeito sanfona e o uso de cremes que aumentam o tônus e a hidratação.

OBS. Tônus muscular é o estado involuntário de contração natural dos músculos corporais, responsáveis por fazer com que possam entrar em ação sempre que necessário. Os estímulos nervosos são os responsáveis por provocar o tônus muscular, estado no qual os músculos se encontram constantemente.

  1. Não se esqueça! Mantenha o corpo bem hidratado, pois a água melhora a circulação, eliminando as toxinas e o inchaço. Isso renova a produção de colágenos da pele, sendo fundamental para que os outros tratamentos tenham um bom efeito.
  2. O chá verde é uma excelente opção que ajuda a evitar o envelhecimento da pele, diminuindo as chances de flacidez e pode ser consumido diariamente!
  3. Ginástica facial – crie o hábito de fazer ginástica facial, para combater as rugas, linhas de expressão e elevar as pálpebras e as sobrancelhas de forma natural. Além de não ter custo, só depende de você!

Veja alguns exemplos de exercícios práticos e fáceis da ginástica facial      para afinar o rosto e diminuir a flacidez.

  1. Pratique musculação com regularidade! Uma das melhores dicas para combater a flacidez.
  2. Além da musculação é importante que você também pratique exercícios aeróbicos moderados, como caminhada, bicicleta e/ou natação. Esses exercícios fortalecem seu sistema cardiorrespiratório e melhora a circulação garantindo o envio de nutrientes importantes para sua pele. Duas ou três vezes na semana com duração por de 50 minutos.
  3. Gelatina – Uma pesquisa realizada nos Estados Unidos demonstrou que consumir 250 mg de gelatina por dia ajuda a melhorar a elasticidade da pele. Para quem acha difícil consumir gelatina todos os dias, há a opção de fazer suplementação à base de colágeno ou gelatina em cápsulas.
  4. Abandone o cigarro – se você é fumante mesmo que pouco, a dica é largar de vez o cigarro. A cada tragada, o suprimento de oxigênio para a pele é interrompido, o que dificulta a chegada de nutrientes para este tecido. O hábito de fumar leva à formação de rugas e ao surgimento de flacidez da pele.
  5. Não tome banho muito quente – A água quente desidrata a pele, contribuindo para o aparecimento do aspecto flácido. Já banhos com água mais fria são excelentes para tonificar e hidratar a pele, tornando-a macia e saudável.

 

Fontes:
 https://www.tuasaude.com/como-acabar-com-a-flacidez-no-rosto/: https://www.significados.com.br/tonus-muscular/
Artigo apresentado ao curso de Pós-Graduação em Estética e Bem-estar, da Universidade do Sul de Santa Catarina – UNISUL – como requisito para titulação de Especialista em Estética e Bem Estar.
http://fisiovitasaude.com.br/artigos.asp?reg=1
https://www.mundoboaforma.com.br/10-dicas-de-como-combater-flacidez/
  • Atlanta Journal-Constitution: Rapid Weight Loss Leaves Excess Skin
  • National Heart, Lung, and Blood Institute: Key Recommendations
  • Geological Society: The Water in You
  • Smoking and skin – MayoClinic

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *